O que comer antes do treino? (Atenção: a alimentação muda se você quiser ganhar massa ou emagrecer)

O que comer antes do treino? (Atenção: a alimentação muda se você quiser ganhar massa ou emagrecer)

Nutricionista recomenda alimentos de acordo com o objetivo desejado e o horário da refeição. Proteínas e carboidratos são os protagonistas da dieta

Por O Globo

 

A alimentação é um fator essencial na busca por um estilo de vida saudável. O ideal é combiná-la aos exercícios físicos para chegar ao resultado esperado: se você quer emagrecer ou ganhar massa muscular, suas dietas devem se basear em grupos alimentares específicos para atingir o melhor desempenho. Saiba abaixo quais são eles e para quais situações são recomendados.

  • De acordo com a nutricionista Bia Schwan, quando falamos de um plano alimentar em consonância com um exercício físico, há alguns parâmetros da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva. O grupo dos carboidratos é o mais indicado para refeições antes do treino, enquanto as proteínas devem prevalecer nas refeições realizadas após a prática.
  • A profissional esclarece que o “pré-treino” abrange todas as refeições consumidas antes do exercício e não só apenas na meia hora anterior à prática. Assim, se você faz alguma atividade à noite, até mesmo o café da manhã já é considerado parte do plano alimentar do pré-treino. Ela recomenda que, nas refeições anteriores ao exercício, os carboidratos sejam combinados entre si, como comer banana com mel ou pão com geleia, por exemplo.

    — Arroz, batata, tubérculos, pães, cereais, aveia, todos esses alimentos são do grupo dos carboidratos e podem ser parte do pré-treino. Imediatamente antes do exercício, nos 30 a 40 minutos anteriores, é recomendado que se evite consumir alimentos integrais com muitas fibras, porque elas têm digestão lenta e podem trazer incômodos. Por esse motivo, também se orienta a deixar as proteínas para depois — analisa Schwan.

  • O que comer para ganhar massa muscular?

    A nutricionista explica que, após os exercícios físicos, o corpo passa por uma janela anabólica, momento mais propício para formar massa muscular. É quando o organismo produz a glicogênio sintase, proteína responsável por iniciar a síntese do glicogênio muscular. Assim, as proteínas ingeridas na refeição consumida no pós-treino funcionam como substrato para formar a massa muscular, e a hipertrofia é realizada. O frango com batata doce, combinação popular no universo da musculação, é uma opção para esse momento, porque, além de o frango ser rico em proteínas, a batata doce é um alimento que contém muitas fibras.

  • Estamos falando de frango, peixe, carne, ovos e até whey protein, que é a proteína em pó. A janela anabólica dura de 2 a 3 horas, então não é necessário que você saia do treino já ingerindo o seu shake — afirma Schwan.

    O shake ao qual a profissional se refere consiste de uma batida de whey protein com algum líquido (que pode ser água, leite ou suco), ao que também é possível adicionar frutas para tornar a bebida mais palatável. Ela afirma que essa é uma boa alternativa para consumir proteína de maneira prática e versátil, tanto para o dia a dia quanto para quem tem uma rotina mais corrida e não tem tempo de preparar uma refeição. Além disso, o whey protein também é indicado para pessoas que não conseguem consumir proteínas em grande quantidade, como idosos que apresentam dificuldade de mastigação.

    É melhor priorizar o carboidrato ou a proteína?

    Existe, então, uma diferença nas orientações para a dieta de quem quer emagrecer e de quem busca aumentar a massa muscular? De acordo com a nutricionista, os grupos alimentares são os mesmos, mas a quantidade vai variar. Para aqueles que visam a diminuir o número na balança, a dieta indicada é com uma quantidade menor de carboidratos e maior de proteínas. Já para a hipertrofia, a recomendação é o contrário: mais carboidratos e menos proteínas.


Fotos

Outras Notícias

Máquina de ressonância 'mais poderosa do mundo' divulga 1ª imagem de cérebro humano

Máquina de ressonância 'mais poderosa do mundo'  Tecnologia atinge novo nível de precisão em exames e pode revol...

Teto para reajuste de medicamentos em 2024 fica em 4,5%

Teto para reajuste de medicamentos em 2024 fica em 4,5%Trata-se do menor reajuste desde 2020 Share on WhatsApp&n...

Anvisa autoriza registro de vacina que previne bronquiolite em bebês

Anvisa autoriza registro de vacina que previne bronquiolite em bebêsDose deve ser administrada na mãe durante a gesta...

Epidemia de dengue aumenta demanda por doação de plaquetas no Rio

Epidemia de dengue aumenta demanda por doação de plaquetas no RioComponente do sangue é essencial para tratar a forma...